Nosso Proposito é 1 Bilhão de Almas Para Cristo!

DownLivre

HISTORIA PENTECOSTAL


Jesus is Lord and Savior will return ...
Senhor Jesus  Vem …

Tudo começou quando o ministro Charles Fox Parham (1873-1929), lecionava na Escola Bíblica Betel em Topeka, Kansas nos Estados Unidos. Era o dia 1 de janeiro de 1901, enquanto ele ensinava a Santa Escritura, a irmã Agnes Ozman foi cheia do Espírito Santo e começou a falar em outras línguas. Naquela noite, todos foram batizados com Espírito Santo. Apartir desse dia o movimento se espalhou, até chegar a Los Angeles, onde o pastor Wiliam Seymour recebeu a promessa em 1906 que revolucionou. A irmã Agnes Ozman, foi a primeira a receber a bendita promessa, no dia primeiro de janeiro de 1901.











Naquela terça-feira a começar pela irmã Agnes, todos foram batizados com o Espírito Santo, na então Escola Bíblica Betel em Topeca, cidade do estado de Kansas nos Estados Unidos. O professor Charles Fox Parham presenciou e recebeu a promessa.















                                                                                                                            



                Escola Betel em Topeka


Em 1905, Seymour estava em Houston, Texas, quando ouviu a mensagem pentecostal pela primeira vez. Ele se matriculou na Escola Bíblica dirigida por Charles F. Parham. Parham foi o fundador do movimento de Fé Apostólica, e é o pai do reavivamento Pentecostal/carismático moderno. Na Escola Bíblica de Topeka, Kansas, seus seguidores tinha recebido o batismo no Espírito Santo com a evidência bíblica de falar em outras línguas. Por causa das leis de segregação racial da época, Seymour foi forçado a se assentar no corredor, do lado de fora da sala de aula. O humilde servo de Deus suportou a injustiça com graça. Seymour deve ter sido um homem de um aguçado intelecto. Em poucas semanas ele se tornou bastante familiarizado com os ensinos de Parham, que observou que ele também podia ensinar. Entretanto, não recebera o batismo com o Espírito Santo com a evidência de
falar em línguas. Parham e Seymour dirigiram juntos, reuniões em Houston, com Seymour pregando para auditórios negros enquanto Parham pregava para grupos de brancos. Parham tinha planos de usar Seymour para espalhar a mensagem da Fé Apostólica para os afro-americanos do Texas. Muitos ditos sobre a vida de Seymour afirmam que ele era analfabeto. Não é verdade. Ele frequentou uma escola de homens livres em Centerville e aprendeu a ler e escrever.

Uma pequena congregação Holiness da cidade de Los Angeles ouviu sobre Seymour e o chamou para ministrar na sua igreja. Mas quando ele chegou e pregou sobre o batismo no Espírito Santo e o dom de línguas, Seymour logo foi excluído daquela congregação.


Sozinho na cidade de Los Angeles, sem sustento financeiro nem a passagem para poder voltar para Houston, Seymour foi hospedado por Edward Lee, um membro daquela igreja, e mais tarde, por Richard Asbery. Seymour ficou em oração, aumentando seu tempo diário de oração para sete horas por dia, pedindo que Deus o desse "aquilo que Parham pregou, o verdadeiro Espírito Santo e fogo, com línguas e o amor e o poder de Deus, como os apóstolos tiveram."1

Uma reunião de oração começou na casa da família Asbery, na Rua Bonnie Brae, número 214. O grupo levantou uma oferta para poder trazer Lucy Farrow, amiga de Seymour que já tinha recebdo o batismo no Espírito Santo, da cidade de Houston. Quando ela chegou, Farrow orou para Edward Lee, que caiu no chão e começou falar em línguas estranhas.

Naquela mesma noite, 9 de abril de 1906, o poder do Espírito Santo caiu na reunião de oração na Rua Bonnie Brae, e a maioria das pessoas presentes começaram falar em línguas. Jennie Moore, que mais tarde se casou com William Seymour, começou cantar e tocar o piano, apesar de nunca tiver aprendido a tocar.

Sabendo que a casa na Rua Bonnie Brase estava ficando pequena demais para as multidões, Seymour e os outros procuravam um lugar para se reunir. Eles acharam um prédio, na Rua Azusa, número 312, que tinha sido uma igreja Metodista Episcopal, mas, depois de ser danificado num incêndio, foi utilizado como estábulo e depósito. Depois de tirar os escombros, e construir um púlpito de duas caixas de madeira e bancos de tábuas, o primeiro culto foi realizado na Rua Azusa no dia 14 de abril de 1906. Deste lugar todo o mundo teve conhecimento da doutrina pentecostal devido as curas e os milagres que aconteceram na Rua Azusa.





Igreja da Rua Azuza em Los Angeles



Os fundadores da Assembleia de Deus também foram alcançados pelo movimento da rua Azusa. Gunnar Vingren viajou da Suécia para a Inglaterra no dia 30 de outubro de 1903, logo depois foi para os Estados Unidos como imigrante. Em 1904 chegou a Chicago. Daniel Berg chegou a America em 1902. Vingren ao tomar conhecimento do movimento pentecostal seu coração se tornou desejoso para receber a promessa bíblica. Em novembro de 1909 Gunnar vai a uma conferencia sobre a doutrina pentecostal em Chicago e após cinco dias de busca recebe o batismo com o Espírito Santo. Berg recebeu ensino da doutrina pentecostal pelo amigo de infância Lewi Pethrus ao retornar a Suécia para visitar sua aldeia natal. Ao voltar aos Estados Unidos já chegando perto do continente Daniel Berg recebeu a promessa.








A Igreja Evangélica Assembleia de Deus foi fundada por dois missionários suecos, os quais tinham compromisso com Missões. Foram eles, Gunnar Vingren e Daniel Berg. Gunnar Vingren era professor da Escola Dominical. O mesmo tinha uma boa formação teológica, espiritual e muita experiência com o Senhor Jesus. Tornou-se bacharel em Teologia no ano de 1909, na cidade de Chicago (E.U.A). Gunnar foi batizado com o Espírito Santo em novembro de 1909 numa conferência de avivamento em Chicago. Daniel Berg não tinha formação teológica igual a do Gunnar, mas era pregador ousado. Em 1902 Daniel, parti da Suécia para os Estados Unidos.
                      

Berg era fundidor e Gunnar jardineiro. Os dois se conheceram numa conferência de Igrejas Batistas que haviam aceitado o Movimento Pentecostal. Tornaram-se amigos, principalmente por terem a mesma nacionalidade. Olof Uldin que alugara uma casa para Gunnar teve uma revelação em sonho, no qual mencionava a palavra Pará. Compreendeu que era uma confirmação, uma direção para os dois jovens suecos que estavam aguardando resposta de Deus, de como servi-lo e realizar a obra missionária. Após a revelação, foram consultar um Atlas para localizar o nome revelado. Constataram que ficava no Brasil.



No dia 19 de novembro de 1910, os dois chegam a Belém. Após alguns meses de trabalho evangelístico e divulgador da Doutrina Pentecostal, fundam a igreja Assembleia de Deus, no dia 18 de junho de 1911. Uma coisa importante entre os dois missionários, que demonstra amor e união, para tão somente cumprir o propósito divino, era o fato de que Daniel Berg trabalhava para pagar os estudos de Gunnar, para aprender a Língua Portuguesa. À noite quando Berg retornava do trabalho Gunnar lhe ensinava o que havia aprendido, nos ensinando que a obra de Deus é realizada em conjunto e com amor. Deus tem abençoado este Ministério.



No dia 2 de junho de 1911, a professora de Escola Dominical a irmã Celina Albuquerque foi a primeira brasileira a ser revestida pelo Espírito Santo, começando então a glorificar ao Senhor em hebraico, língua que nunca havia estudado. Após falar em línguas estranhas, sua irmã Nazaré recebeu a promessa pentecostal.










                                                                                                           


Atualmente são milhões de assembleianos espalhados pelo Brasil e no mundo, gerando até mesmo um adágio: “onde tem coca-cola tem Assembleia de Deus”.



Primeiro Templo da Assembleia de Deus - Belém, Pará

    Blogger Comentarios
    Facebook Comentarios
Página inicial